sábado, 2 de agosto de 2008

Imagem: Google


olho por cima, por baixo, tá tudo errado, o certo é pelo meio.
foco num ponto qualquer de encontro, o bom é o oposto, o que não encosta, o bom é o outro.
vejo de lado, de banda, do avesso, de ponta a cabeça...
eu não mereço, só pode ser isso. ou desconheço.
ponto de vista, a tua razão, a de qualquer um, a de alguém.
eu não encontro argumento que me convença a ser igual a ninguém.

4 comentários:

Geísa Suzane disse...

Olá Nathalia...
Ser você mesmo...és o grande trufo de Deus...cada ser diferente do outro...
Encontrei seu blog por acaso na internet... e resolve apreciar os seus escritos...muito bons...
fico feliz por reencontrar amigos, companheiros de escritos..escritos esses que ficaram para eternidade, nem que seja na memoria de quem os lê...
Estou adicionando seu blog nos meus favoritos do meu blog: www.geisasuzane.blogspot.com
saudades...
um beijãoo
fique com Deus

Lucas Ribeiro disse...

Bacana, me amarrei. Os textos são todos de tua autoria não são? Pq tu não transforma em música? Já te vi cantando umas 2 vezes, gostei bastante, tem a voz bonita e bem afinada, podia fazer tuas próprias músicas. Passa lá no meu depois, se der. Té mais, abraço.
PS: Posso linkar o teu blog?

Lucas Ribeiro disse...

Ok, linkada. =)

A. Ferro disse...

Tatália,
Essa letra dá samba! :))
Bejão Papai